CORTIFLAN - Animais de Grande Porte

CORTIFLAN


Descrição

Clique aqui para fazer o download da BULA.

Clique aqui para fazer o download da FISPQ.

Fórmula:

Cada 100 ml contém:

Fosfato sódico de dexametasona ................... 200,00 mg

Veículo q.s.p .................................................... 100,00 ml

Indicações:

Tratamendo dos processos inflamatórios em geral dos bovinos, equinos, suínos e ovinos, incluindo inflamações articulares e cetose bovina. Auxiliar nos tratamentos de mastites, pneumonias graves, afecções reumáticas, alérgicas, dermatológicas e outros distúrbios onde for indicado o uso de corticoides.

Via de Administração, modo de usar e dosagem:

Dose terapêutica: 0,25 mg a 20 mg de dexametosa ( fosfato sódico) por animal, sendo:

Bovinos: 2,5 ml a 10,0 ml/ animal / via intramuscular ou intravenosa.

Repedir a dose se necessário.

Equinos: 1,25 ml a 2,5ml/ animal / via intramuscular ou intravenosa.

Repedir a dose se necessário.

Suínos e Ovinos: 1,25 ml a 2,5ml/ animal / via intramuscular ou intravenosa.

Repedir a dose se necessário.

O intervalo entre as doses fica a critério do médico veterinário.

Contraindicações:

Não administrar o produto em animais portadores de mellitus, insuficiência renal, osteoporose e verminoses graves.

Não administrar em ruminantes no último trimestre da gestação, pois pode antecipar o parto.

Precauções:

Levar em conta que altas doses de dexametasona podem causar depressão da função adrenocorticoide provocando atrofia da adrenal.

A interrupção de um tratamento prolongado deve ser gradativa.

Doses acima de 2,5 ml por animal ( 5 mg de fosfato sódico de dexametasona) podem provocar sonolência ou letargia nos equinos.

Doses excessivas podem causar convulsões.

O uso excessivo de corticoide em ovinos inibe o crescimento de lã.

Nos quadros infecciosos, uma terapia antibacteriana ( quimioterápica ou antibiótica) deve ser iniciada junto com a administração do produto.

Os animais sob tratamento devem ser monitorados, apesar do produto em doses baixas não provocar a retenção de sódio e de água nem a perda de potássio. O médico veterinário deve estar alerta para perceber qualquer efeito inesperado e agir para corrigi-lo.

Carência:

Bovinos e Ovinos:

Abate: o abate dos animais tratados com este produto somente deve ser realizado 07 dias após a última aplicação.

Leite: O leite dos animais tratados com este produto não deve ser destinado ao consumo humano até 03 dias após a última aplicação deste produto.

Equídeos (Equus caballus/ Cavalos) e Suínos:

Abate: O abate dos animais tratados como este produto somente deve ser realizado 07 dias após a última aplicação.

  • Segmento:

    Anti-inflamatórios

  • Marca:

    Ourofino